Você já se deparou em algum momento da sua vida empresarial com prateleiras cheias e mesmo assim perdendo vendas com a falta de mercadorias ?

Isso acontece porque muitas vezes os empresários não trabalham com o que chamamos de GIRO DO ESTOQUE por produto.

Para que você consiga fazer um controle eficiente do seu estoque, vou te explicar o que é e como você pode aplicar o giro do estoque na gestão de sua empresa.

O giro do estoque é um cálculo realizado para verificar se as compras de produto são suficientes para suprir suas vendas ou não, ou seja, oquanto do estoque foi vendido e quantas vezes ele foi reposto em determinado período de tempo. Determina também quanto tempo em média um produto leva para ser vendido. Pode ser utilizado de forma muito eficiente para gestão de compras e estoque em empresas que trabalham com produtos sazonais. A falta de produtos é tão prejudicial à empresa quanto o excesso. A facilidade de acesso a lojas e produtos pode fazer com que seu cliente não queira esperar por você!

Como calcular o GIRO DO ESTOQUE?

Exemplo: O estoque médio de uma loja é de 400 peças e a empresa vende 3.600 peças por ano. O giro de estoque dessa empresa é calculado dividindo 3.600 por 400, resultando em 9 giros no período. Isso significa que os produtos são renovados 9 vezes durante o ano. Ou seja , se a empresa realizar ao longo do ano menos que 9 compras deste produto , corre o risco de ficar sem ele.

Este cálculo pode ser feito mensalmente para maior alinhamento entre estoque, compras e vendas, gerando excelentes relatórios gerenciais. Além disso você pode contar com o auxílio de um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) para emissão de relatórios e cálculos de giro de estoque, bem como poderá contar com a facilidade de ter estes dados para realizar seu planejamento de compras e prospecção de vendas.

Uma vez ciente de que determinado período do ano o giro de um produto é maior, você pode se preparar para que ele não falte. Da mesma forma que se o giro está baixo, você pode optar por não renovar o estoque ou até mesmo por deixar de vender o produto.